História SPA
 

A história da anestesia no Paraná parece iniciar-se na cidade de Paranaguá, onde o médico alemão Dr. Sigmund Weiss, no início do século XX, teria utilizado pela primeira vez a cocaína em suas anestesias.       

 

Até a década de 40, as anestesias eram aplicadas, na grande maioria das vezes, pelo próprio cirurgião ou por algum assistente de sua equipe e às vezes por enfermeiras, e consistiam quase sempre na administração de éter ou clorofórmio, evoluindo para o balsofórmio (mistura de éter, clorofórmio e gomenol), pelo sistema gota-a-gota, em máscara aberta (Yankauer), evoluindo posteriomente para o aparelho de Ombredanne.

 

Alguns cirurgiões se aventuravam na anestesia venosa, utilizando o Evipan® e posteriormente o Nembutal®. Em concomitância com o ato cirúrgico, administravam anestesias loco-regionais, com o uso progressivo da cocaína, novocaína e tetracaína. Os obstétras utilizavam clorofórmio e posteriormente tricloroetileno nas analgesias obstétricas.

Referência

Copan
 

Constituída em 25 de Maio do ano de 1982, a COPAN está atualmente com mais de 500 cooperados.

 

Buscar ser o representante dos interesses dos cooperados, de forma eficiente e produtiva, prospectando novos negócios e qualificando os atuais, estabelecendo parcerias éticas e lucrativas com convênios e bancos.

Mapa do Site

Hospital Pilar - Rua Desembargador Hugo Simas, 322 - Bom Retiro – Curitiba – PR
 (41) 3072-7272 | 3040-1159 
 
Centro Médico Pilar - Rua Emílio de Menezes, 833 - Bom Retiro – Curitiba – PR
(41) 3076 - 3064 / (41) 3076 - 5505 - (Agendamento de consultas pré-anestésicas)
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon